Construcard movimenta setor de materiais de construção

9 de maio de 2014   |   
Materiais de Construção, Notícias

O Construcard Caixa é hoje uma das principais linhas de financiamento do setor de materiais de construção, segundo o Diretor Executivo da Diretoria de Cartões e Financiamento ao Consumo da Caixa, Mário Neto. Em 2013 foram R$ 5,8 bilhões em contratação e R$ 4,8 bilhões utilizados.

Nos três primeiros meses de 2014, a linha de crédito da Caixa Econômica Federal atingiu R$ 1,3 bilhão em contratações. Nesse mesmo período, injetou R$ 1,1 bilhão na economia brasileira ao ser utilizado na compra de materiais.

A expectativa, segundo Neto, é de que a contratação comece a acelerar a partir dos meses de maio, junho e julho (meses mais fortes do Construcard) e no final do ano.

“Essa linha de crédito para material de construção é uma das mais baratas do mercado e as taxas de juros se equiparam a do crédito consignado, sendo extremamente atrativa. A carência de seis meses para iniciar o pagamento é um dos diferenciais do Construcard. A pessoa que está fazendo a reforma pode pagar a mão-de-obra durante esse período e depois pagar as parcelas. A lógica da carência é essa”, disse.

Construcard

O Construcard financia a aquisição de materiais para construção, reforma e ampliação de imóvel residencial, além de armários embutidos, piscina, elevador e aquecedor solar.

Ao contratar um limite na Caixa, o cliente tem até seis meses para utilizar o valor. Durante esse período, ele paga somente os juros sobre os valores utilizados.

No sétimo mês começa a pagar o que foi gasto, com prazo de até 240 meses e taxas de juros reduzidas – entre 1,40% a 1,86% ao mês. O financiamento varia de acordo com a capacidade de pagamento do cliente, podendo ser de no mínimo R$ 1 mil.

Para ter acesso ao cartão Construcard é preciso ser pessoa física e possuir uma conta corrente na Caixa. Dentre os requisitos, ser maior de 18 anos ou emancipado, e ser aprovado na avaliação de Crédito da Caixa.

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *