Governo prorroga isenção de IPI até dezembro de 2013

30 de agosto de 2012   |   
Materiais de Construção


Após reunião com o presidente da Anamaco e empresários do setor na última terça, o ministro da Fazenda Guido Mantega anunciou a prorrogação da isenção do IPI – Imposto Sobre Produtos Industrializados – até dezembro de 2013.

A medida chega num momento em que o desempenho do setor no ano foi revisado pelas entidades setoriais. “As vendas no varejo ficaram abaixo do esperado nos últimos meses”, afirmou Conz. “Tivemos que diminuir as expectativas para 2012”, acrescentou.

De acordo com o presidente da Anamaco, o impacto da prorrogação será muito positivo. “Com certeza teremos um incremento nas vendas até o fim do ano; teremos mais tranquilidade para nosso setor. Além disso, agora as pessoas poderão planejar reformas com um prazo mais longo, pensando em 2013, com a garantia de que os preços não irão subir”, disse. Os produtos com a isenção do imposto ficam de 5 a 8% mais baratos.Além disso, segundo Conz, uma retomada do IPI poderia prejudicar as obras do Minha Casa Minha Vida que ainda estão em andamento.

O Governo ainda incluiu alguns novos itens na lista de desonerados, mas não todos os 50 que os empresários reivindicaram na terça-feira. “Vamos continuar batalhando para que outros produtos entrem na lista e para que tenhamos uma situação de isonomia para competição”, finalizou Conz.

O setor de materiais de construção é considerado um dos mais importantes para o desempenho do PIB. De acordo com o Governo, as isenções com desoneração de materiais de construção devem somar R$ 1,8 bilhão.

Fonte: Anamaco

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *