Anamaco prevê alta de 6% nas vendas de material em 2015

7 de janeiro de 2015   |   
Materiais de Construção, Notícias

As vendas de materiais de construção no varejo devem se recuperar em 2015 e atingir um crescimento real de 6,0%, de acordo com projeção divulgada nesta sexta-feira, 2, pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Em 2014, as vendas cresceram 2,8%, totalizando R$ 60 bilhões, um montante recorde para o setor. Entretanto,
CONTINUE LENDO

ABNT e a ANAMACO elaboraram um programa de certificação destinado às empresas que comercializam materiais de construção

30 de julho de 2014   |   
Materiais de Construção

ABNT e a ANAMACO, elaboraram um programa de certificação destinado às empresas que comercializam materiais de construção. O objetivo deste programa é incentivar as empresas a introduzirem ferramentas de gestão, com o intuito de garantir a qualidade dos serviços prestados, a satisfação dos clientes e a segurança dos funcionários.

Indústria de material de construção espera vendas fracas

2 de dezembro de 2013   |   
Materiais de Construção, Notícias

Os fabricantes de material de construção preveem nível de vendas regular em dezembro segundo aponta a pesquisa termômetro mensal da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Apenas 5% dos empresários consultados acreditam que os negócios serão muito bons. Para 46%, o resultado será bom; para 37% regular e para 12% ruim.

Materiais de construção: aumento das vendas ficará abaixo do esperado

7 de novembro de 2013   |   
Materiais de Construção, Notícias

O aumento nas vendas de materiais de construção no varejo com a proximidade do final do ano é uma realidade para os comerciantes deste segmento. Mas as expectativas para este ano não são tão animadoras. O setor deve fechar o ano com um crescimento de 2% frente ao aumento de 3,2% registrado no ano passado.

Materiais e serviços ajudam a aumentar custo da construção civil

28 de outubro de 2013   |   
Materiais de Construção, Notícias

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) teve alta média de 0,33%, em outubro, segundo o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). O aumento foi menos intenso do que o registrado em setembro (043%). No acumulado do ano, o índice atingiu 7,53% e, nos últimos 12 meses, 8,.08%.