BI e ferramentas analíticas: união que faz a diferença (3ª parte)

À medida que os fornecedores de software se empenharem em acrescentar funcionalidade de análise de texto aos seus portfólios de BI, os integradores de sistemas serão os primeiros a capitalizar o interesse corporativo pelos sistemas combinados, sentencia Evelson, da Forrester. “Ainda é, em grande parte, um jogo de integração”, diz ele. Além do investimento em software, é preciso destinar cerca de 4 dólares a integração de sistemas para cada dólar Leia o artigo completo…

BI e ferramentas analíticas: união que faz a diferença (2ª parte)

Na realidade, apesar de gastarem somas elevadas na criação de bancos de dados de BI sofisticados, muitos executivos acham que uma parcela substancial de dados vitais continua aprisionada sob a forma de texto em todos os cantos da empresa, observa David O’Connell, analista da Nucleus Research. “Estes dados contêm informação importante sobre tendências da concorrência, marketing, campanhas de vendas e CRM. Mas você só descobre e rastreia estas tendências quando Leia o artigo completo…

BI e ferramentas analíticas: união que faz a diferença (1ª parte)

A união entre business intelligence e análise de texto está começando a produzir forte impacto sobre empresas de diversos setores, como serviços de saúde, seguro e finanças, que estão passando a perceber os benefícios de vincular informações de BI estruturadas a texto não-estruturado. As ferramentas de análise de texto utilizam lingüística, processamento de linguagem natural baseado em regras, algoritmos especializados e outros métodos para impor ordem ao texto não-estruturado espalhado Leia o artigo completo…